Falar é traduzir, é se traduzir. Traduzir nossas ideias e pensamentos em palavras, é comunicar. Quando falamos, construímos uma ponte entre nós e o mundo, entre nós e o outro, entre o que está dentro de nós e o que está fora. A cada instante escolhemos palavras, selecionamos dentro do nosso repertório aquelas que nos servirão melhor.  Um tradutor faz a mesma coisa: escolhe as melhores palavras para cada situação.

Durante a conversa, veremos como um texto escrito em um idioma se transforma em outro, recriado por um tradutor. Vamos falar sobre as palavras e como elas constroem frases, parágrafos, páginas, livros, que são desconstruídos, decompostos, destrinchados, no caminho trilhado de uma língua a outra, de uma cultura a outra, para, então, se reconstruírem no universo do outro idioma. E vamos, também, descobrir como estamos rodeados de tradução, e ver o quanto ela está presente no nosso dia-a-dia.

Cláudia Soares Cruz é formada em Publicidade pela PUC-RJ e em Teoria do Teatro pela UNIRIO, fez especialização em Língua Inglesa na PUC-RJ e mestrado em Artes Cênicas na UNIRIO com pesquisa sobre tradução teatral. Cursou pós-graduação em Roteiro e Dramaturgia na Escola Superior de Artes Célia Helena, em São Paulo. Atualmente cursa o doutorado em Estudos da Linguagem na PUC-RJ. Trabalha com tradução desde 1992. 

Data: 15/09 | Sábado
Horário: 10h
Local: CFPAO, Casa das Prosas 

Endereço:
Rua Prudente M Moraes, 302
Vila Adyana São José dos Campos
Cep: 12243-750
Ver Mapa
Telefone:
(12) 3911-7090

E-mail:
contato@pqvicentinaaranha.org.br

Horário de Funcionamneto:
das 05h às 22h

Redes Sociais: